Teologia - Áreas de Atuação

A função do teólogo é a de adquirir uma compreensão sempre mais profunda da Palavra de Deus contida na Escritura inspirada e transmitida pela Tradição viva da Igreja.

O trabalho do teólogo responde ao dinamismo interno da própria fé: por sua natureza própria, a verdade quer comunicar-se, já que o homem foi criado para perceber a verdade, e deseja no mais profundo de si mesmo conhecê-la para nela se encontrar e para aí encontrar a salvação.

A Teologia não se reduz ao serviço para uma comunidade eclesial que professa suas convicções, mas é também um trabalho social para uma sociedade que necessita desenvolver as dimensões compreendidas pela religião e pela fé em seu meio. A Teologia não consegue permanecer falando só para o interior de uma comunidade, pois seus membros têm cidadania e têm necessidade de atuar em sistemas sociais como a família, a educação, a economia, a política. Os profissionais da Teologia têm hoje, diante de si, pelo menos três grandes grupos de interlocutores:

•  os portadores das convicções e práticas de fé dentro de sua própria comunidade de referência;

•  os representantes das teologias e outras comunidades ou Igrejas;

•  as pessoas que desenvolvem as ciências não-teológicas e um saber com outras formalidades que não as religiosas.

Na Igreja Católica, a destinação do esforço teológico que mais aparece se endereça à formação do clero e das pessoas integrantes das comunidades. Para além desta prestação de serviços em suas correspondentes comunidades, a Teologia tem hoje dois pontos de encontro cada vez mais urgentes. O primeiro, de cunho mais teórico, está nos grandes temas religiosos que requerem discussão e busca ecumênicas. Aí está um serviço amplo e necessário que transcende as paredes das próprias religiões e leva, para o bem da sociedade mais ampla, a dialogar construtivamente com outras convicções e propostas. O segundo, de cunho mais aplicativo e imediato, está na busca da Teologia para contribuir no discernimento e encaminhamento de setores da vida individual e social. É respeitável o potencial da Teologia na leitura crítica de macrossistemas como o das políticas econômicas. Passando para outras esferas da vida social, pode-se notar o importante serviço da Teologia para ajudar no discernimento de questões sociais, especialmente as que emergem com recentes conquistas científicas em campos como o da Biomedicina e semelhantes. A Teologia tem sido mencionada com freqüência crescente toda vez que as questões requerem um tratamento interdisciplinar para serem encaminhadas.



O bacharel em Teologia está apto a:

•  atuar nos diferentes serviços e ministérios existentes na Igreja e que necessitam de uma qualificada formação teológica, especialmente o ministério presbiteral;

•  ministrar o ensino religioso, ocupando-se da formação religiosa dos alunos de ensino fundamental e médio;

•  prosseguir seus estudos de pós-graduação, podendo posteriormente dedicar-se ao magistério superior;

•  desenvolver projetos de pesquisa sobre temas relevantes para a vida da Igreja e da sociedade (fenômeno religioso, fé, vida, morte,...);

•  assessorar trabalhos de promoção humana em organizações não-governamentais.