Mídia é tema de palestra em parceria com o Inatel

Segue o ciclo de palestras "As várias faces da sociedade", atividade realizada em parceria entre a Faculdade Católica de Pouso Alegre e o Inatel (Santa Rita do Sapucaí). O tema da sexta-feira, 30 de agosto é "Comunicação e mídia: a era da imagem", com o Prof. Jair Marchatti, da ESPM (São Paulo). O evento tem início às 19h30, no Auditório Aureliano Chaves, no Inatel, em Santa Rita do Sapucaí.

Curso de Extensão em Alfenas - 2º semestre 2013

A Fé Cristã

Parceria: Setor Pastoral de Alfenas – Diocese de Guaxupé

Objetivo:
Geral: Refletir sobre o Ano da Fé e suas implicações sobre a vida pastoral das comunidades eclesiais, em vista do fortalecimento das ações evangelizadoras à luz dos últimos documentos da Igreja na América Latina e Brasil.

Edital Vestibular 2014


FACULDADE CATÓLICA DE POUSO ALEGRE

EDITAL Nº 10  de 17/09/2013
Publicado no DOU nº 183 de 20/09/2013 – pág. 213   


PROCESSO SELETIVO 2014

De acordo com a Lei 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996, com o Decreto 5773/2006, com as Portarias do MEC n.º 1.120/99, 1.449/99, 391/2002, 40/2007 e 23/2010, o Diretor Geral da Faculdade Católica de Pouso Alegre, credenciada pela Portaria MEC n.º 3.926, de 14 de novembro de 2005, no uso de suas atribuições regimentais, torna públicas as normas que regulamentam o Processo Seletivo 2014.

I – Da Inscrição
Art. 1.º. Estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo 2014, no período de 08 de outubro de 2013 a 05 de dezembro de 2013, para os seguintes cursos:
I – Bacharelado em Filosofia, reconhecido pela Portaria MEC nº 1.278, de 02/09/2010, publicada no DOU em 03/09/2010 e renovação de reconhecimento pela Portaria MEC 286, de 21/12/2012, publicada no DOU em 27/12/2012; ministrado em turno noturno, com 40 vagas, turma única, com duração de 6 semestres letivos;
II – Bacharelado em Teologia, reconhecido pela Portaria MEC n.º 268, de 19/07/2011, publicada no DOU em 20/07/2011, ministrado em turno diurno, com 50 vagas, turma única, com duração de 8 semestres letivos;
Art. 2.º. Os cursos mencionados no art. 1.º funcionam no campus da Faculdade Católica de Pouso Alegre, situado na Avenida Monsenhor Mauro Tommasini, n.º 75, bairro São Carlos, Pouso Alegre – MG, CEP 37550-000.
Art. 3.º. Para a inscrição no Processo Seletivo 2014, o(a) candidato(a) deverá:
I – haver concluído o ensino médio ou equivalente até dezembro de 2013;
II – preencher a ficha de inscrição, bem como o questionário sociocultural;
III – apresentar o comprovante de pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 50,00
§ 1º. O(a) candidato(a) poderá optar pela inscrição via internet, através do sítio www.facapa.edu.br .
Art. 4.º. A inscrição no Processo Seletivo 2014 da Faculdade Católica de Pouso Alegre respeitará as disposições adicionais que se seguem.
§1.º. A inscrição poderá ser realizada por terceiro, não se exigindo procuração.
§2.º. Após a inscrição, não serão permitidas alterações, sendo todas as informações de responsabilidade do(a) candidato(a).
§3.º. Será eliminado(a), em qualquer época, mesmo depois de matriculado(a), o(a) candidato(a) de que se constatar uso de documentação ou informações falsas ou outros meios ilícitos quando da inscrição e realização do Processo Seletivo.
§4.º. Pagamentos efetuados após o último dia de inscrição não serão considerados, o que implicará a não efetivação da inscrição.
§5.º. Quando o pagamento da inscrição for realizado por cheque, a mesma somente será efetivada após a compensação bancária.
§6.º. Em nenhuma hipótese será devolvida a taxa de inscrição.
§7.º. Qualquer irregularidade (fraude, quebra de sigilo etc.) cometida por professores, fiscais, pessoal técnico-administrativo, alunos da Faculdade ou candidatos será objeto de inquérito administrativo ou policial, nos termos da legislação pertinente, e o infrator estará sujeito às penalidades previstas na respectiva legislação.
§8.º. O(a) candidato(a) que se inscrever para o Processo Seletivo 2014 com o estrito objetivo de treinamento, por não ter condições de comprovar, na data da matrícula, conclusão de ensino médio ou equivalente, deve estar ciente de que, em nenhuma hipótese, poderá requerer matrícula, uma vez que não atende ao disposto no Art. 44, II, da Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e neste Edital.
§9.º. Efetuada a inscrição e o pagamento da mesma, o(a) candidato(a) receberá o seu comprovante definitivo de inscrição, que deverá apresentar, juntamente com o documento de identidade original, no dia da realização do Processo Seletivo 2014.
§10. O(a) candidato(a)que fizer a inscrição através da Internet deverá fazer o depósito no valor da inscrição, na conta corrente em nome da FEJAN, conforme instrução no sítio www.facapa.edu.br e comprovar o pagamento através de fax a ser enviado para o telefone (35) 3421-1820 ou recibo digitalizado para o e-mail: secretaria@facapa.edu.br . O comprovante definitivo de inscrição será encaminhado ao(a) candidato(a) através dos correios.
§11. Identificado erro em qualquer dado do comprovante definitivo de inscrição, o(a) candidato(a)  deverá entrar em contato com a Coordenação do Processo Seletivo 2014, até o prazo máximo de 05 de dezembro de 2013.

II – Das Normas de Acesso

Art. 5.º O Processo Seletivo 2014 constará de avaliação classificatória, que será realizada através de prova, que poderá ser agendada conforme consta no artigo 9º, deste edital,  para o ingresso nos cursos de Bacharelado em Teologia e Filosofia, no valor total de 100 (cem) pontos, abrangendo os seguintes conteúdos:
I – uma redação, em língua portuguesa, de caráter eliminatório, no valor de 40 (quarenta) pontos;
II – 15 (quinze) questões de múltipla escolha, sendo 05 (cinco) de Conhecimentos Gerais;  05 (cinco) de Gramática da Língua Portuguesa e 05 (cinco) de Literatura Brasileira, no valor de 02 (dois) pontos cada questão, totalizando 30 (trinta) pontos;
III – 5 (cinco) questões abertas sobre Filosofia, no valor de 6 (seis) pontos cada questão, totalizando 30 (trinta) pontos.
§1.º. Os programas do Processo Seletivo 2014 estarão disponíveis no formato de “Manual do Candidato” através do sítio www.facapa.edu.br.
§2.º. O Processo se realizará em uma etapa, anulando-se, qualquer que seja, a classificação do candidato que apresente resultado nulo ou que use, comprovadamente, de meios fraudulentos na sua realização.
§3.º. Entende-se como resultado nulo na prova do Processo Seletivo o não comparecimento do candidato ou a obtenção de 0 (zero) na respectiva avaliação.
Art. 6.º. A correção dos exames far-se-á em uma única fase.
§1.º. Na correção do exame de redação, levar-se-ão em conta os critérios a serem discriminados no “manual do candidato” e no próprio corpo da prova.
§2.º. Considerado o disposto no art. 5.º, I, deste Edital, a fuga ao tema ou ao tipo de texto proposto para a redação acarretará a anulação do texto produzido e a consequente eliminação do candidato do Processo Seletivo 2014.
§3.º. Na hipótese de anulação de alguma questão por erro de elaboração ou de impressão, o seu valor em pontos será computado em favor de todos os candidatos.
Art. 7.º. A classificação dos(as) candidatos(as) será feita pela ordem decrescente de pontuação, ressalvadas as situações de eliminação previstas neste Edital.
Art. 8.º. O resultado final é o somatório dos pontos obtidos na redação e nas questões.
§1.º. Para o desempate, a precedência na classificação será do(a) candidato(a)  que alcançar maior pontuação na redação em língua portuguesa e, permanecendo o empate, o critério para o desempate será a maior pontuação obtida nos grupos de questões hierarquicamente dispostos na sequencia abaixo:
I – Língua Portuguesa;
II – Filosofia;
III – Conhecimentos Gerais;
IV – Literatura Brasileira;
§2.º. Somente poderão classificar-se para as vagas nos cursos pretendidos, os(as) candidatos(as) que obtiverem resultado final maior ou igual a 30 (trinta) pontos.


III – Da Realização da Prova
Art. 9.º A prova poderá ser agendada pelo(a) candidato(a), no ato da inscrição, conforme as alternativas de dias de realização: 07/12/2013, das 8h às 11h  ou  25/01/2014, das 8h às 11h , no campus da Faculdade Católica de Pouso Alegre, conforme endereço mencionado no Art. 2.º.
§1.º. Em nenhuma hipótese será realizada qualquer prova fora do local, data e horário determinados no caput deste artigo.
§2.º. A fim de ter acesso ao local de prova, o candidato deverá apresentar o documento de identidade ou equivalente (original), utilizado na inscrição, e o comprovante definitivo de inscrição, além de encontrar-se munido de lápis, borracha e caneta esferográfica (tinta azul ou preta).
§3.º. Após a autorização para o início dos exames, nenhum candidato retardatário terá acesso às salas onde os mesmos serão realizados.
§4.º. Excluídas as situações excepcionais, reconhecidas como de absoluta força maior e expressamente autorizadas pela Coordenação do Processo Seletivo 2014, o candidato somente poderá entregar a prova decorrida 1 (uma) hora do seu início.
§5.º. Durante a aplicação das provas, é proibido o uso de:
I – chapéus, bonés ou similares;
II – relógios de pulso e de bolso;
III – calculadora ou qualquer equipamento eletrônico, inclusive telefone celular;
IV – corretivos líquidos.
§6.º. Durante o período de aplicação da prova, é proibida a comunicação entre os candidatos.
§7.º. A fraude, a indisciplina ou o desrespeito aos coordenadores, fiscais e entre candidatos serão motivo de imediata exclusão do candidato do recinto da prova e, consequentemente, de sua eliminação do Processo Seletivo.
§8.º. Em nenhuma hipótese serão concedidas vista, cópia ou revisão de provas.
§9.º. São de inteira responsabilidade do(a) candidato(a) os prejuízos advindos das marcações feitas incorretamente na folha de respostas, como dupla marcação, marcação rasurada ou emendada e campo de marcação não preenchido integralmente.

IV - Dos Resultados e da Matrícula

Art. 10. Os respectivos gabaritos das questões objetivas, do Processo Seletivo 2014, estarão disponíveis a partir das 13 horas, nos dias: 07/12/2013 e 25/01/2014, no sítio www.facapa.edu.br ou na Secretaria Acadêmica. O resultado parcial estará disponível no dia 11/12/2013 e o resultado geral do Processo Seletivo 2014 estará disponível no dia 28/01/2014, no sítio www.facapa.edu.br e na Secretaria Acadêmica da Faculdade Católica de Pouso Alegre, não sendo fornecidas informações por telefone.

Art. 11. A matrícula dos(as) candidatos(as) que participaram do Processo Seletivo 2014 realizar-se-á na Secretaria da Faculdade, no período de 28/01/2014 a 31/01/2014.

§1.º. No ato da matrícula, o(a) classificado(a) se obriga a apresentar, na forma regimental, toda a documentação exigida no “manual do candidato”, sob pena de perda do direito de ingresso.
§2.º. Perderá o direito ao ingresso no curso o(a) candidato(a) que não comparecer no prazo estabelecido para sua matrícula institucional ou não apresentar os documentos exigidos, inexistindo matrícula condicional.
§3.º. O(a) candidato(a) que, para a matrícula, servir-se de documento falso ou não-idôneo, terá a matrícula anulada, perderá as taxas pagas e ficará sujeito às punições previstas em Lei.
§4º. No caso de desistência da matrícula, o(a) aluno(a) poderá requerer devolução de 80% do valor pago na matrícula, no prazo máximo de 06 (seis) dias letivos a contar do primeiro dia de aula.

V – Das Vagas Remanescentes

Art. 12.  Estarão abertas as inscrições para as vagas remanescentes do Processo Seletivo 2014 para candidatos(as) portadores de diploma de graduação, com validade para o ingresso no primeiro semestre do ano de 2014,  para os cursos de Filosofia e Teologia, em número a ser fixado após o período de matrículas regulares.
Art. 13. As inscrições para vagas remanescentes realizar-se-ão no período de 29/01 a 30/01/2014, na Secretaria Acadêmica da Faculdade Católica de Pouso Alegre e o(a) candidato(a) deverá apresentar os seguintes documentos:
I – apresentar cópia autenticada do diploma registrado de graduação;
II – apresentar cópia autenticada do histórico escolar do curso de graduação;
III – entregar cópia do documento de identidade ou outro equivalente;
IV – o comprovante de pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 50,00;
V – preencher ficha de inscrição;
§1.º. A inscrição pode ser realizada por terceiro, não se exigindo procuração.
§2.º. Após a inscrição, não serão permitidas alterações, sendo todas as informações de responsabilidade do(a) candidato(a).
§3.º. A classificação dos(as) candidatos(as), nesta modalidade, para as vagas disponíveis realizar-se-á mediante análise do histórico escolar, por comissão especialmente designada para tal, consoante os seguintes critérios de desempate assim ordenados:
I–verificação da compatibilidade curricular e da proximidade quanto à área do conhecimento entre o curso realizado e o curso pretendido;
II – verificação e seleção das melhores notas.
§4.º.  Estarão classificados, em ordem decrescente:
I – os(as) candidatos(as) que apresentarem maior número de disciplinas equivalentes à do curso pretendido;
II – os que apresentarem maior média global.
Art. 14. O resultado do processo seletivo para vagas remanescentes, por apresentação de diploma, será divulgado no dia 31/01/2014, na secretaria da Faculdade Católica de Pouso Alegre e através do sítio www.facapa.edu.br e a matrícula realizar-se-á no período de 31/01 a 05/02/2014, na Secretaria Acadêmica da Faculdade Católica de Pouso Alegre.
Art. 15. No ato da matrícula, o(a)  candidato(a)  classificado(a) se obriga a apresentar, imediata e integralmente, a seguinte documentação:
I – cópia xerográfica legível da certidão de nascimento ou casamento;
II – cópia xerográfica legível do documento de identidade ou outro declarado equivalente pela lei;
III – cópia xerográfica legível do título de eleitor e do comprovante de quitação eleitoral (para brasileiros maiores de 18 anos);
IV – cópia xerográfica legível da inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);
V - cópia xerográfica legível do documento atualizado de quitação com as obrigações militares ou alistamento;
VI– 2 fotos 3x4;
VII – comprovante de quitação da taxa de matrícula referente ao curso pretendido.
§1.º. Perderá o direito ao ingresso no curso o(a) candidato(a) que não comparecer no prazo estabelecido para sua matrícula institucional ou não apresentar os documentos exigidos, inexistindo matrícula condicional.

VI – Das Disposições Finais

Art. 16. O Processo Seletivo objeto deste Edital é válido somente para a matrícula inicial do ano letivo de 2014, ficando anulados quaisquer resultados nele obtidos se a mesma, por qualquer motivo, deixar de efetivar-se.
§1.º. Será eliminado(a), em qualquer época, mesmo depois de matriculado, o(a) candidato(a) de que se constatar uso de documentação ou informações falsas ou outros meios ilícitos quando da inscrição e realização do processo seletivo.
§2.º. Pagamentos efetuados após o último dia de inscrição não serão considerados, o que implicará a não-efetivação da inscrição.
§3.º.  Quando o pagamento da inscrição for realizado por cheque, a mesma somente será efetivada após a compensação bancária.
§4.º.  Em nenhuma hipótese será devolvida a taxa de inscrição.
Art. 17. Incorporar-se-ão a este Edital, para todos os efeitos, os editais complementares ou avisos oficiais que vierem a ser publicados pela Faculdade e o Manual do Candidato publicado no sítio www.facapa.edu.br
Art. 18. A inscrição do(a) candidato(a) implica na aceitação das normas e condições fixadas neste Edital.
§1.º. O(a) portador(a) de necessidades especiais deverá indicar no campo próprio do formulário de inscrição a sua condição, bem como, a candidata que esteja amamentando.
Art. 19. Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação da Comissão do Processo Seletivo 2014.
Art. 20. Para o cumprimento das disposições normativas pertinentes e conhecimento de todos(as) os(as) interessados(as), o Extrato do presente Edital será publicado no Diário Oficial da União, afixado em lugar visível e ser-lhe-á dada a devida divulgação.
Pouso Alegre, 18/09/2013
 Pe. DIONÍSIO AILTON PEREIRA

Diretor-Geral

Manual do Candidato - Vestibular 2014

MANUAL DO CANDIDATO - INFORMAÇÕES IMPORTANTES

CURSOS OFERECIDOS



FILOSOFIA 
  • Bacharelado. 
  • Renovação de reconhecimento Portaria MEC 286/2012.
  • Noturno - 40 vagas - duração 6 semestres.

TEOLOGIA
  • Bacharelado. 
  • Reconhecimento Portaria MEC 268/2012.
  • Diurno - 50 vagas - duração 6 semestres.
INSCRIÇÕES:

Período de inscrições: de 08/10/2013 a 05/12/2013.
Pessoalmente, na Secretaria da Faculdade Católica de Pouso Alegre, na Av. Mons. Mauro Tommasini, 75, bairro São Carlos, Pouso Alegre (MG), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h; das 13h às 18h e das 19h às 22h.
Via internet, através do sítio www.facapa.edu.br
Documentação necessária: preenchimento do formulário de inscrição e do questionário sociocultural.

Taxa de inscrição: R$50,00 (cinquenta reais):
  • o pagamento poderá ser feito via depósito na conta corrente em nome da FEJAN (Caixa Econômica Federal, Agência 0147, Banco 104, conta corrente 503799-3, Operação 003),
  • o comprovante deverá ser enviado via fax (35-3421-1820) ou por e-mail, no formato PDF ou jpg, para secretaria@facapa.edu.br,
  • ou realizar o pagamento pessoalmente na Faculdade Católica de Pouso Alegre.
2-      REALIZAÇÃO DA PROVA:

Poderá ser agendada: 07/12/2013, sábado, das 8h às 11h ou 25/01/2014, sábado, das 8h às 11h.
Local: Campus da Faculdade Católica de Pouso Alegre, na Av. Mons. Mauro Tommasini, 75, bairro São Carlos, Pouso Alegre (MG).
Material necessário: comprovante definitivo de inscrição, documento de identidade original (utilizado na inscrição), material de escrita (lápis, borracha, caneta esferográfica azul ou preta).
Duração mínima: 1 hora.
  • Os candidatos deverão comparecer no local da prova com meia hora de antecedência.
  • Não será permitida a entrada de candidatos retardatários.
  • Durante a aplicação da prova, será proibida a comunicação entre os candidatos, bem como o uso de: chapéus, bonés ou similares; relógios de pulso e de bolso; qualquer equipamento eletrônico, inclusive telefone celular; corretivos líquidos.
3-      COMPOSIÇÃO DA PROVA:

Realizada em uma única fase, a prova terá validade para o ingresso no primeiro semestre do ano de 2013, versará sobre os conteúdos do ensino médio e será constituída de:
  • uma redação em Língua Portuguesa, de caráter eliminatório, no valor de 40 (quarenta) pontos;
  • 5 (cinco) questões abertas de Filosofia, no valor de 6 (seis) pontos cada questão.
  • 15 (quinze) questões de múltipla escolha, no valor de 2 (dois) pontos cada uma, sendo: 05 (cinco) de Gramática da Língua Portuguesa, 05 (cinco) de Literatura Brasileira e 5 (cinco) de Conhecimentos Gerais (História – Geografia – Atualidades).
4-      DIVULGAÇÃO DO RESULTADO:
O resultado parcial estará disponível no dia 11/12/2013 e o resultado geral do Processo Seletivo 2014 estará disponível no dia 28/01/2014, no sítio www.facapa.edu.br e na Secretaria Acadêmica da Faculdade Católica de Pouso Alegre.

5-      MATRÍCULA:
As matrículas serão realizadas na Secretaria Acadêmica da Faculdade Católica de Pouso Alegre, no período de 28/01/2014 a 31/01/2014, no horário: das 08h às 12h, 13h às 18h e 19h às 21h.

OBS: Se o número de vagas for suficiente para atender aos candidatos inscritos nas duas datas
de agendamento, a Faculdade Católica  poderá antecipar as matrículas do resultado parcial para o período de: 16/12/2013 a 20/12/2013 e de 06/01/2014 a 31/01/2014,  mantendo o período citado no item 5 para as matrículas dos candidatos que fizeram o Processo Seletivo 2014, na segunda data.

Documentação exigida:
  • cópia xerográfica legível da certidão de nascimento ou casamento;
  • cópia xerográfica legível do documento de identidade ou outro declarado equivalente pela lei;
  • cópia xerográfica legível do título de eleitor e do comprovante de quitação eleitoral (para brasileiros maiores de 18 anos);
  • cópia da inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);
  • cópia xerográfica legível do documento militar (para brasileiros do sexo masculino maiores de 18 anos);
  • cópia xerográfica legível do certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente;
  • cópia xerográfica legível do histórico escolar do ensino médio ou equivalente;
  • 2 fotos 3x4;
  • quitação da taxa de matrícula.
  • Trazer o documento original junto.
6-      VAGAS REMANESCENTES:

INSCRIÇÕES:

Serão abertas inscrições para as vagas remanescentes, aos portadores de diploma de graduação, para os cursos de Filosofia e Teologia, no período de 29 a 30/01/2014, das 08h às 12h, 13h às 18h e 19h às 21h, na Secretaria Acadêmica, da Faculdade Católica de Pouso Alegre.
O candidato deverá apresentar os seguintes documentos:
  • cópia autenticada do diploma registrado de graduação reconhecido pelo MEC e do histórico escolar;
  • cópia do documento de identidade ou outro equivalente;
  • comprovante de pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 50,00;
  • preenchimento da ficha de inscrição.
O resultado será divulgado no dia 31/01/2014, na secretaria da Faculdade Católica de Pouso Alegre e através do sítio www.facapa.edu.br, não sendo fornecidas informações por telefone.

  MATRÍCULA:

As matrículas de Vagas Remanescentes serão no período de 31/01 a 05/02/2014, das 08h às 12h, 13h às 18h e 19h às 21h, sendo necessária a documentação constante no item 5.

A MATRÍCULA SÓ SERÁ EFETUADA EM FACE DA APRESENTAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA, NÃO HAVENDO MATRÍCULA CONDICIONAL.

PROGRAMAS:

1-      REDAÇÃO

O candidato deverá demonstrar aptidão para redigir, na variedade padrão da língua portuguesa, um texto dissertativo, de gênero argumentativo, de modo a observar os seguintes critérios de avaliação:

I. ADEQUAÇÃO AO TEMA - Serão observados esses aspectos: a) fuga ao senso comum (habilidade de inserir novos elementos que enriqueçam a discussão, evitando a repetição do óbvio); b) apropriação crítica da coletânea (habilidade de leitura adequada, qualitativa, em que se descubram os implícitos dos textos: seus pressupostos, suas implicações, sua estrutura, sua eficácia, suas contradições, seu contexto, suas condições de produção); c) consistência e relevância (habilidade para ordenar e articular os elementos).
Será considerado:       
E (excelente) o texto em que for observada a presença cumulativa desses três aspectos;
B (bom) o texto em que for observada a presença de pelo menos dois desses aspectos;
R (regular) o texto em que for observada a presença de apenas um desses aspectos;
I (insuficiente) o texto em que não se perceba nenhum desses três aspectos. O texto que fugir ao tema será anulado.

II.  ADEQUAÇÃO AO TIPO DE TEXTO – Serão observados esses aspectos: a) textualidade (habilidade de se conceber o texto como uma unidade, um todo, e não um amontoado de frases e parágrafos justapostos); b) marcas tipológicas (em se tratando de um texto dissertativo-argumentativo, é fundamental que o texto apresente uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão; que tenha como interlocutor o leitor universal; que tenha uma natureza argumentativa, não-subjetiva, objetivando a demonstração de uma verdade por meio de argumentos, quais sejam fatos, exemplos, ilustrações etc.); c) coesão (habilidade de uso dos mecanismos coesivos da língua que propiciam clareza e inteligibilidade ao texto. É o caso do emprego adequado de relatores, substituições, repetições, elipses – mecanismos de referenciação – e também de conectivos diversos – mecanismos de sequenciarão).
Será considerado:
E (excelente) o texto em que for observada a presença cumulativa desses três aspectos;
B (bom) o texto em que for observada a presença de pelo menos dois desses aspectos;
R (regular) o texto em que for observada a presença de apenas um desses aspectos;
I (insuficiente) o texto em que não se perceber nenhum desses aspectos.  A redação que fugir ao tipo de texto proposto será anulada.

III. ADEQUAÇÃO À NORMA-PADRÃO DA LÍNGUA PORTUGUESA – Serão observados estes aspectos: a) domínio da convenção ortográfica da língua portuguesa, inclusive acentuação gráfica; b) estruturação da frase, riqueza e variedade das estruturas sintáticas, e domínio dos mecanismos de concordância e regência (verbal e nominal); c) uso adequado de palavras da língua, riqueza e variedade do vocabulário; d) uso adequado dos sinais de pontuação e da paragrafação do texto.
Será considerado:
E (excelente) o texto em que houver uso correto e produtivo da norma-padrão da língua portuguesa;

B (bom) o texto em que houver uso correto da norma padrão da língua, mas não um uso diferenciado do registro da escrita;
R (regular) o texto em que houver poucos desvios em relação à norma-padrão da língua.
I (insuficiente) o texto em que houver muitos desvios em relação à norma-padrão da língua.


2-      GRAMÁTICA DA LÍNGUA PORTUGUESA

Nas questões de Língua Portuguesa, o candidato deverá demonstrar proficiência no conhecimento e no emprego da variedade padrão da língua pátria, consoante os tópicos de gramática normativa relacionados a seguir.

2.1  Morfologia
2.1.1   Análise morfológica
2.1.2   Substantivo: flexões de gênero e de número; grau do substantivo
2.1.3   Adjetivo: flexões de gênero e de número; grau do adjetivo
2.1.4   Numeral: flexão, leitura e escrita dos numerais
2.1.5   Pronomes: emprego adequado dos diversos tipos de pronomes (pessoais retos e oblíquos, de tratamento, possessivos, demonstrativos, relativos, indefinidos, interrogativos)
2.1.6   Verbo: pessoa, número, tempo e modos verbais; tempos primitivos e derivados;
2.1.7   Elementos estruturais dos verbos; vozes verbais; formação da voz passiva; verbos
2.1.8   Regulares, irregulares, defectivos e abundantes; emprego do infinitivo
2.1.9   Morfossintaxe das palavras que e se
           
2.2  Sintaxe 
2.2.1   Frase, oração e período
2.2.2   Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração
2.2.3   Períodos compostos por coordenação e subordinação
2.2.4   Análise sintática
2.2.5   Pontuação
2.2.6   Sintaxe de concordância: verbal e nominal
2.2.7   Sintaxe de regência: verbal e nominal; ocorrência da crase
2.2.8   Sintaxe de colocação: colocação dos pronomes oblíquos átonos

Bibliografia indicada
CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 46. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2005.
MAIA, João Domingues. Português. São Paulo: Ática, 2004.

3- FILOSOFIA
As questões de Filosofia pretenderão avaliar a capacidade reflexiva do aluno a partir de sua familiaridade com os seguintes temas filosóficos:

3.1. Importância da reflexão filosófica para a atualidade;
3.2. Os níveis de conhecimento: mítico, empírico, científico, filosófico e teológico;
3.3. Fé e razão;
3.4. Ética: conceito de ética; atualidade do problema ético;
3.5. Política: organização da polis grega; democracia x totalitarismo.


Bibliografia indicada
ARANHA, Maria L. de A.; MARTINS, Maria H. P. Filosofando: introdução à Filosofia. São Paulo: Moderna, 2004.
CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 2003.


As questões abertas de Filosofia poderão contemplar aspectos filosóficos da obra literária indicada para leitura obrigatória no programa de Literatura Brasileira.


4- LITERATURA BRASILEIRA

As questões de Literatura Brasileira procurarão avaliar no candidato as seguintes competências:
a)    percepção das peculiaridades do texto literário no contexto mais amplo da linguagem verbal;
b)      reconhecimento das relações que se estabelecem entre literatura, sociedade e história;
c)      identificação dos diversos gêneros literários: narrativo, lírico, dramático;
d)     capacidade de fruição estética no contato com o texto literário;
e)  reconhecimento das características e tendências estéticas dos principais estilos que marcaram a história da literatura brasileira.

4.1  Texto literário e não-literário
4.2  Gêneros literários: narrativo, lírico, dramático
4.3  História da Literatura Brasileira: características, autores e obras.
4.3.1               Quinhentismo
4.3.2               Barroco
4.3.3               Arcadismo
4.3.4               Romantismo
4.3.5               Realismo/Naturalismo/Parnasianismo
4.3.6               Simbolismo
4.3.7               Pré-Modernismo
4.3.8               Modernismo

Bibliografia indicada
CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Literatura Brasileira. São Paulo: Atual, 1999.


Obra Literária indicada:  Vidas secas, Graciliano Ramos


5-    GEOGRAFIA

As questões tomarão como base os seguintes pressupostos:
a)    dominar conhecimentos e habilidades relativas à orientação, localização e representação espacial, conhecimentos considerados imprescindíveis à leitura crítica do mundo em que vivemos;
b)  compreender que sociedades desiguais produzem espaços desiguais que se interagem; portanto, a análise da realidade imediata pressupõe entendimento de relações mais amplas, norteadas pela compreensão do processo histórico;
c)     compreender que a natureza, enquanto recurso e restrição, deve ser entendida também nos seus mecanismos próprios, considerando-se o seu caráter integrado e dinâmico.


5.1       A Relação Sociedade-Natureza.
5.1.1    Os mecanismos da natureza.
5.1.2    Os recursos naturais e a sobrevivência do homem.
5.1.2.1 As desigualdades na distribuição e na apropriação dos recursos naturais.
5.1.2.2 O uso dos recursos naturais e a preservação do meio ambiente.

5.2      Estruturação Econômica, Social e Política do Espaço Mundial.
5.2.1    Capitalismo, industrialização e transnacionalização do capital.
5.2.1.1 Economias industriais e não industriais: articulação e desigualdades.
5.2.1.2 As transformações na relação cidade-campo.
5.2.2 Industrialização e desenvolvimento tecnológico: dominação/subordinação político-econômica.
5.2.3   O papel do Estado e as organizações político-econômicas na produção do espaço.
5.2.4 Fundamentos econômicos, sociais e políticos da mobilidade espacial e do crescimento demográfico.
5.2.5    A divisão internacional e territorial do trabalho.
5.2.6    O fim da Guerra Fria. A desagregação da URSS. A nova ordem econômica mundial.

5.3       O Processo de Ocupação e Produção do Espaço Brasileiro.
5.3.1    A formação territorial do Brasil; e sua relação com a natureza.
5.3.2    O processo de industrialização brasileira e a internacionalização do capital.
5.3.2.1 Urbanização, metropolização e qualidade de vida.
5.3.2.2 População: crescimento, estrutura, migrações, condições de vida e de trabalho.
5.3.3    O papel do Estado e as políticas territoriais.
5.3.4    A regionalização do Brasil: desenvolvimento desigual e combinado.

Bibliografia indicada
MOREIRA, I. O espaço geográfico: geografia geral e do Brasil. São Paulo: Editora Ática, 2000.


6-    HISTÓRIA

O programa, com tópicos diferenciados, objetiva proporcionar ao candidato oportunidade para: expressar o seu entendimento da História, concebida como processo; manifestar a sua compreensão e interpretação das fases de transição desse processo; revelar sua capacidade ao explorar a dimensão múltipla, mais global e menos factual, das transformações históricas relevantes.

6.1  Antiguidade.
6.1.1        Os povos do Oriente Próximo e suas organizações políticas.
6.1.2        As cidades-estados da Grécia.
6.1.3        Formação, desenvolvimento e declínio do Império Romano do Ocidente.
6.1.4        A vida socioeconômica e religiosa dos mesopotâmicos, egípcios, fenícios e hebreus.
6.1.5        O legado cultural dos gregos e dos romanos.

6.2  Mundo Medieval.
6.2.1        Formação e desenvolvimento do modo de produção feudal.
6.2.2        A organização política feudal; os reinos cristãos da Península Ibérica.
6.2.3        O crescimento comercial-urbano e a desagregação do feudalismo.
6.2.4        A civilização muçulmana.
6.2.5        O legado cultural do mundo medieval.

6.3  Mundo Moderno.
6.3.1        A Renascença: a Reforma e a Contra-Reforma.
6.3.2        A expansão marítimo-comercial e o processo de colonização da América, África e Ásia.
6.3.3     Formação e evolução das monarquias nacionais; as revoluções burguesas do século XVII; Iluminismo e Despotismo.
6.3.4      A política econômica mercantilista; a crise do sistema colonial e o início da luta pela independência no continente americano.
6.3.5        A vida social e a herança cultural da Época Moderna.

6.4  Mundo Contemporâneo.
6.4.1 A Revolução Francesa; o período napoleônico; os movimentos de independência das colônias latino-americanas; o ideal europeu de unificação nacional.
6.4.2  A Revolução Industrial; a expansão e a consolidação do modo de produção capitalista; o apogeu da hegemonia européia.
6.4.3 A corrida imperialista; a Primeira Guerra Mundial; a Revolução Russa de 1917 e a formação da URSS.
6.4.4   O Período Entre-Guerras; as democracias liberais e os regimes totalitários.
6.4.5  A Segunda Guerra Mundial; a descolonização afro-asiática; a Guerra Fria; a estrutura de espoliação da América Latina.
6.4.6 A fase do Pós-Guerra; os oprimidos do Terceiro Mundo; as grandes linhas do desenvolvimento científico e tecnológico do século XX.

6.5  Brasil Colônia.
6.5.1 A expansão marítima portuguesa e o descobrimento do Brasil; o reconhecimento geográfico e a exploração do pau-brasil; a ameaça externa e os primórdios da colonização.
6.5.2   A organização político-administrativa; a expansão territorial; os tratados de limites.
6.5.3 A agricultura de exportação como solução; a presença holandesa; a interiorização da colonização; a mineração e a economia colonial.
6.5.4 A sociedade colonial; os indígenas e a reação à conquista; as lutas dos negros; os movimentos nativistas.
6.5.5    A arte e a literatura da fase colonial; a ação missionária e a educação.

6.6  Brasil Império.
6.6.1  A crise do antigo sistema colonial e o processo de emancipação política do Brasil; o reconhecimento internacional.
6.6.2  O processo político no Primeiro Reinado; as rebeliões provinciais; a abdicação de D. Pedro I.
6.6.3  O centralismo político e os conflitos sociais do Período Regencial; a evolução político-administrativa do segundo Reinado; a política externa e os conflitos latino-americanos do século XIX.
6.6.4  A sociedade brasileira da fase imperial; o surto do café e as transformações econômicas; a abolição da escravidão; as questões religiosa e militar.
6.6.5   As manifestações culturais; as ciências, as artes e a literatura da fase imperial.

6.7    Brasil República.
6.7.1   A crise do sistema monárquico imperial e a solução republicana; a Constituição de 1891.
6.7.2  A Primeira República (1889-1930) e sua evolução político-administrativa; as dissidências oligárquicas e a Revolução de 1930; a vida econômica e os movimentos sociais no campo e nas cidades.
6.7.3  A Segunda República e sua trajetória político-institucional; do Estado Novo ao golpe militar de 1964; a curta experiência parlamentarista; as Constituições de 1946, 1967 e 1988.
6.7.4    As transformações socioeconômicas ao longo dos cem anos de vida republicana; o café e o processo de industrialização; as crises e as lutas operárias; o processo de internacionalização da economia brasileira e o endividamento externo.
6.7.5   Aspectos do desenvolvimento cultural e científico do Brasil no século XX.
6.7.6   A globalização e seus impactos no Brasil

Bibliografia indicada
ARRUDA, José Jobson de A.; PILETTI, Nelson. Toda a história: história geral e história do Brasil.São Paulo: Ática, 2000.
BURNS, E. História da civilização ocidental. 40. ed. São Paulo: Globo, 2001. v. 2.
LOPES, L. História do Brasil Imperial. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1982.

7-      ATUALIDADES

As questões sobre atualidades terão por objetivo verificar em que medida o candidato encontra-se ciente da importância em acompanhar os principais acontecimentos do mundo contemporâneo.

OUTRAS INFORMAÇÕES:
Fone/fax: (35) 3421-1820
E-mail: secretaria@facapa.edu.br
Home page: www.facapa.edu.br